IMPRENSA

RELEASES

04 de Abril de 2019

Ferrovia Centro-Atlântica recebe novas locomotivas

A VLI, empresa especializada em operações logísticas que integra ferrovias, portos e terminais, está recebendo as últimas locomotivas de um pacote de 26 ativos. Dezenove foram entregues ainda em 2018, três chegaram este ano e outras quatro estarão disponíveis até maio. Os ativos são direcionados para a circulação na Ferrovia Centro-Atlântica (FCA).

As locomotivas estão ampliando a capacidade de escoamento de cargas do agronegócio, siderurgia e produtos industrializados para o Tiplam, no litoral santista, o porto de Tubarão, no Espírito Santo.

Entre Minas e Espírito Santo

As locomotivas SD70 BB da EMD – modelo amplamente utilizado na Ferrovia Centro-Atlântica – respondem pela maior parte desse pacote com 15 unidades. Quatro delas serão entregues até maio enquanto as demais já fazem a rota que conecta o interior do país com o litoral capixaba. Nesse fluxo são movimentadas cargas do agronegócio, produtos e insumos da siderurgia entre outros itens. As máquinas têm 24 metros de comprimento, potência de 4400 hp, pesam 196 toneladas e uma composição com três locomotivas pode tracionar até 90 vagões carregados (equivalente a cerca de 270 caminhões).

Frota moderna

As 11 locomotivas modelo ES43 BBi – primeiras unidades desse modelo na FCA – integraram a operação em 2018. Elas rodam no interior paulista e atendem ao fluxo crescente de açúcar entre o Terminal Integrador em Guará e o Tiplam (Terminal Integrador Portuário Luiz Antonio Mesquita), situado no porto de Santos. Com potência de 4.300 hp, as ES43 BBi são 30% mais eficientes do que as locomotivas que foram substituídas. Esse modelo conta com tração de corrente alternada, controle de eixo individual e motor diesel Evolution. Cada máquina tem 24,7 metros de comprimento, pesa 196 toneladas e uma composição com duas locomotivas pode tracionar até 82 vagões carregados (equivalente a cerca de 240 caminhões).

locomotiva

Locomotiva modelo SD70BB (Divulgação/VLI)

 

Sobre a VLI

A VLI tem o compromisso de apoiar a transformação da logística no país, por meio da integração de serviços em portos, ferrovias e terminais. A empresa engloba as ferrovias Norte Sul (FNS) e Centro-Atlântica (FCA), além de terminais intermodais, que unem o carregamento e o descarregamento de produtos ao transporte ferroviário, e terminais portuários situados em eixos estratégicos da costa brasileira, tais como em Santos (SP), São Luís (MA) e Vitória (ES). Escolhida como uma das 150 melhores empresas para se trabalhar pela revista Você S/A pelos últimos quatro anos e a melhor do segmento de Serviços de Transporte pela Istoé Dinheiro em 2018, a VLI transporta as riquezas do Brasil por rotas que passam pelas regiões Norte, Nordeste, Sudeste e Centro-Oeste.