IMPRENSA

RELEASES

27 de novembro de 2018

VLI e Prefeitura de Cubatão inauguram projeto de Corte e Costura

Com o intuito de gerar trabalho e mais uma alternativa de renda para a comunidade cubatense, o projeto de Corte e Costura do Centro Vocacional Tecnológico passa a oferecer cursos técnicos nos níveis básico e avançado. A expectativa é de capacitar 320 pessoas por ano. A novidade foi apresentada nesta terça-feira (27), no prédio do Centro Vocacional (Rua Dr. Fernando Costa, 1096).

O projeto foi definido pela Prefeitura de Cubatão e recebeu um aporte de R$ 800 mil para viabilizá-la em convênio assinado, ano passado, entre VLI e município. A iniciativa consistiu na reforma e readequação de três espaços localizados na região central da cidade com o objetivo de facilitar o acesso e interatividade da comunidade.

Dois deles são dedicados às aulas e o terceiro vai funcionar como almoxarifado. Também foram adquiridos mais de cem equipamentos como máquinas industriais de costura, mesa de corte, entre outros, e novos mobiliários para garantir melhor acolhimento, aprendizagem e qualidade tanto no ensino quanto na experiência dos alunos.

Quem participar do curso vai aprender técnicas simples e avançadas de costura ou cursos de modalidades mais rápidas para a confecção de peças para moda praia, fantasias em geral e acessórios. O espaço também poderá ser utilizado para a geração de renda como um ateliê aberto para os alunos e comunidade. Como contrapartida, a Prefeitura assumirá a manutenção do espaço, além da disponibilização dos profissionais responsáveis pela capacitação dos alunos inscritos nos cursos. “Nosso maior objetivo é oferecer oportunidade de geração de renda para nossa comunidade”, disse o prefeito de Cubatão, Ademário Oliveira.

“Para a VLI, é uma felicidade imensa poder contribuir com um projeto tão importante para Cubatão. Isso também faz parte de um compromisso da empresa de colaborar com o desenvolvimento econômico e social das regiões em que o Tiplam está inserido”, afirma Leopoldo José Gimenes, gerente geral do Tiplam.

Cubatão

Divulgação/VLI

 Cursos oferecidos

O curso de corte e costura é dividido em dois módulos (básico e avançado) com 200 horas cada. No básico, o participante aprende a manipular a máquina de costura, realizar medidas e conversões, ajustes e reformas, acabamentos e customização em geral. Já no avançado, estuda técnicas mais robustas que incluem processo de produção, malharia, costura sob medida, montagem de peças e como organizar a produção. Ambos os módulos contemplam matérias que preparam o aluno para exercer a profissão de maneira independente, como segurança no trabalho, manutenção de máquinas, marketing profissional e pessoal, precificação, empreendedorismo e economia criativa no sentido de como reaproveitar os resíduos têxteis.

Há também as formações mais curtas, com 40 horas de duração, que acontecem sazonalmente e têm o objetivo principal de capacitar e gerar renda para os participantes de forma rápida, sempre visando o conhecimento técnico, mas acrescentando conceitos de precificação e empreendedorismo. As capacitações são para moda praia (maiô, biquíni, sunga e saídas de praia), moda infantil (saias, vestidos e bermudas), acessórios (necessaires, carteiras, frasqueiras, ecobags, mochilas e clutch) e fantasias (técnicas de customização, aplicação de lantejoulas e vidrilhos, estruturação e armação).