Desenvolvimento na Baixada Santista

Buscamos sempre o crescimento aliado à preservação do meio ambiente e geração de valor junto às comunidades onde atuamos.  Isso significa que estamos comprometidos em deixar um legado para gerações futuras. Um exemplo desse compromisso é a nossa atuação na Baixada Santista (SP).

Já somos parceiros das cidades de Santos e Cubatão. Desde o início das nossas operações no Tiplam, já foram realizados grandes investimentos em projetos sociais e ambientais na região.

Agora, iniciamos o fechamento da CAD (célula subaquática de disposição), etapa final do processo de dragagem do Canal de Piaçaguera, permitindo a limpeza do canal, restabelecendo a fauna local e a qualidade da água. Assista ao vídeo e entenda:

 

Histórico

Ao longo de décadas, o Canal de Piaçaguera recebeu sedimentos e efluentes com presença de contaminantes por diferentes empresas que operavam na região à época. O material se espalhou ao longo do canal. Nos últimos anos, seguindo as diretrizes estabelecidas pela legislação ambiental aplicável, iniciamos o processo de dragagem que permitiu a limpeza do canal, retirando este material contaminante do leito do canal e, posteriormente, com a disposição segura do mesmo, em conformidade com a legislação ambiental.

A CAD ao lado do canal, assim como a dragagem de limpeza, foram procedimentos cuidadosamente estudados e validados por anos. Além disso, o projeto tem a aprovação e fiscalização da autoridade ambiental, a Cetesb, que acompanha cada etapa de trabalho e recebe relatórios regulares.

Monitoramento

Um outro benefício importante do projeto consiste em garantir aos órgãos ambientais e à sociedade um regular controle e o monitoramento transparente dos sedimentos, da fauna e da água, por meio de coletas e análises frequentes feitas por laboratórios credenciados sob responsabilidade da VLI, no âmbito da licença ambiental. A companhia mantém um cuidado constante com o tema, tendo como premissa garantir a segurança das pessoas, das comunidades e do meio ambiente, de forma que os controles serão feitos de maneira contínua.

 Investimentos

A limpeza do Canal de Piaçaguera é um dos exemplos de como a VLI exerce o seu compromisso com a sustentabilidade ao contribuir para o desenvolvimento econômico e social da região. Foram investidos R$ 2,7 bilhões na ampliação do Tiplam. O terminal gera 500 empregos diretos e indiretos e, ano a ano, aumenta o escoamento de grãos, açúcar e fertilizantes contribuindo ativamente para a economia brasileira, em especial, o agronegócio. Só em 2019 mais de 10 milhões de toneladas passaram pelo Tiplam.

Além desses aspectos, a companhia já aportou quase R$ 8 milhões, nos últimos anos em iniciativas diversas, como os projetos Nossa Isca para pescadores da Baixada, Fábrica da Comunidade, em Cubatão, projetos estruturantes nas áreas de educação e saúde de Santos e ajuda humanitária para pescadores, caminhoneiros e famílias com estudantes da rede pública no enfrentamento da pandemia.

Projetos estruturantes nas áreas de educação e saúde de Santos: implantação de núcleos tecnológicos e a modernização das bibliotecas de nove escolas do ensino fundamental da rede pública, beneficiando mais de 8 mil estudantes. Pacote de melhorias no sistema de saúde com o consultório oftalmológico móvel, Escola das Mães em três unidades de saúde e modernização de oito policlínicas.

Nossa Isca: fomento à geração de trabalho e renda dos pescadores artesanais da Baixada Santista (Santos, Cubatão, São Vicente e Guarujá) por meio da capacitação para a produção em taques e comercialização de iscas vivas (camarões e lambaris) aos praticantes de pesca esportiva.

Fábrica da Comunidade, em Cubatão: reforma e aquisição de equipamentos para o espaço que oferece cursos de corte e costura.

Apoio no enfrentamento da pandemia: parceria com empresas, prefeituras de Santos e Cubatão para auxílio a milhares de famílias com estudantes da rede pública, doação de kits de higiene e limpeza para pescadores da Baixada.