IMPRENSA

RELEASES

27 de novembro de 2020

LafargeHolcim e VLI fecham parceria para transporte de cimento

Acordo aumenta fluxo ferroviário em mais de 50%; nova rota liga Minas Gerais a Bahia pela FCA

 

A LafargeHolcim e a VLI, companhia de soluções logísticas que opera terminais, ferrovias e portos, fecharam uma nova parceria para o transporte de cimento a granel da fábrica de Pedro Leopoldo (MG) até o Porto de Aratu, em Candeias (BA). No município baiano, os caminhões da LafargeHolcim são abastecidos e seguem viagem até a região metropolitana de Salvador para serem descarregados diretamente nos clientes da cimenteira.

As empresas já possuem parceria no abastecimento de combustíveis sólidos das unidades localizadas em Minas Gerais. O novo contrato representa um incremento de mais de 50% no fluxo ferroviário e uma diversificação na matriz logística da LafargeHolcim. Dessa vez, o produto transportado na Ferrovia Centro-Atlântica (FCA) é um cimento, de alta resistência inicial e final utilizado por concreteiras, indústrias, empresas de pré-fabricados e pré-moldados.

“Temos um parque com 137 vagões próprios que estavam parados em Pedro Leopoldo. Com a operação, passamos a utilizar todos eles, que circulam até Aratu, fazendo o ciclo completo da operação. O trajeto por ferrovia é mais competitivo economicamente. Dessa forma, alavancamos nossa presença no mercado técnico da Bahia, onde tínhamos baixa participação, com um produto diferenciado, gerando maior disponibilidade e agilidade no atendimento junto ao cliente e ainda reduzimos as emissões de CO2 nesse processo logístico”, explica Patrick de Paula Richa, gerente Comercial do Nordeste e Norte de Minas da LafargeHolcim. Pela cimenteira, o projeto ainda inclui obras no terminal, em Aratu (BA). As atividades estão em andamento, com término previsto para o fim de dezembro. A meta é que, em fevereiro de 2021, a unidade esteja operando em plena capacidade.

Para a VLI, o fluxo reforça o potencial da ferrovia, especialmente o trecho entre os dois estados, e a capacidade da companhia em se adaptar para atender a demanda do cliente. “Essa parceria é sinônimo de cooperação. A LafargeHolcim já possuía os vagões. Adicionamos a nossa expertise para oferecer uma solução logística que gera valor para todos”, destaca Asley Ribeiro, gerente geral Comercial da Siderurgia e Construção da VLI.

 

Sobre a VLI

A VLI tem o compromisso de apoiar a transformação da logística no país, por meio da integração de serviços em portos, ferrovias e terminais. A empresa engloba as ferrovias Norte Sul (FNS) e Centro-Atlântica (FCA), além de terminais intermodais, que unem o carregamento e o descarregamento de produtos ao transporte ferroviário, e terminais portuários situados em eixos estratégicos da costa brasileira, tais como em Santos (SP), São Luís (MA) e Vitória (ES). Escolhida como uma das 150 melhores empresas para se trabalhar pela revista Você S/A, a VLI transporta as riquezas do Brasil por rotas que passam pelas regiões Norte, Nordeste, Sudeste e Centro-Oeste.

 

 

Sobre a LafargeHolcim

A LafargeHolcim Brasil atua no país desde 1951 com um claro compromisso com a sustentabilidade, sendo uma das principais empresas do setor de materiais de construção, com foco em cimento, concreto e agregados. Seus produtos e soluções inovadores são utilizados em diferentes projetos de construção, de moradias populares às maiores e mais tecnicamente desafiadoras obras de infraestrutura do país. Com cerca de 1.400 funcionários, a companhia tem um parque industrial distribuído em três das cinco regiões do país: Sudeste (SP, RJ, MG e ES), Nordeste (BA e PB) e Centro-Oeste (GO), que incluem 5 fábricas de cimento, 4 estações de moagem, 6 terminais e centros de distribuição, 4 unidades de agregados e 4 usinas de concreto. A empresa faz parte do Grupo LafargeHolcim, que é líder mundial da indústria de materiais de construção, com presença em 80 países e 70 mil empregados nos cinco continentes. Mais informações: lafargeholcim.com.br.